Como fazer uma análise do grupo-alvo

As empresas que conhecem seus clientes têm uma clara vantagem. Uma compreensão profunda dos desejos e necessidades do cliente não apenas garante vendas estáveis, mas também garante o sucesso a longo prazo da empresa. 

Se você conhece seu grupo-alvo, pode não apenas adaptar seus produtos e serviços aos seus clientes, mas também definir medidas de publicidade direcionada e, assim, reduzir as perdas devido a medidas incorretas. 

Portanto, não surpreende que a análise do grupo-alvo seja uma das ferramentas de análise de mercado mais importantes para os fundadores, além da análise da concorrência. Mas o que inclui uma análise de grupo-alvo, como é realizada e em que intervalos os dados devem ser coletados?

O que é uma análise de grupo-alvo?

Com a ajuda de uma análise de grupo-alvo, você coleta dados sobre seus clientes em potencial e o comportamento de compra deles. Mais tarde, o conhecimento adquirido o ajudará na análise de mercado e na criação do mix de marketing certo – ou seja, decidir quais medidas de marketing se adequam a você e à sua fundação e quais não.

A definição do grupo-alvo desejado forma a base da segmentação do mercado, o que permite um posicionamento perfeito do mercado de seus produtos e serviços. 

Quanto mais precisamente a análise do grupo-alvo é realizada, melhor os produtos e serviços oferecidos também podem ser adaptados aos potenciais compradores, o que, por sua vez, afeta positivamente os números de vendas. Portanto, quanto mais você souber sobre seu grupo-alvo, maiores serão suas chances de sucesso.

Quais dados são coletados durante uma análise de grupo-alvo?

No decurso de uma análise do grupo-alvo, não são determinados apenas critérios gerais, como idade e situação de vida do grupo-alvo, mas também dados sobre a sensibilidade e a motivação do preço do grupo-alvo a ser coletado e avaliado. 

Embora esse tipo de investigação ainda consuma tempo e consuma muitos custos, apenas alguns anos atrás, hoje, graças às tecnologias modernas, mesmo pequenas empresas iniciantes com um orçamento pequeno podem realizar análises extensas e precisas com relativa facilidade e conhecer melhor seu grupo-alvo. Existem várias ofertas na Internet que o ajudarão com isso – gratuitamente e mediante taxa. Verifique se os dados estão sérios e atualizados.

O potencial da análise de grupos-alvo

Quanto mais precisamente você conhecer seu grupo-alvo, mais fácil será identificar e atender a seus desejos, necessidades e motivação. Esses problemas também devem ser incluídos no seu plano de negócios. Lá eles ajudam você a obter o financiamento necessário para a sua inicialização.

Aquisição de novos clientes

Usando uma análise de grupo-alvo, é possível encontrar correspondências entre seu produto e o grupo-alvo desejado e, assim, atrair novos compradores e convertê-los em clientes regulares. No entanto, isso só é possível se você souber como o grupo-alvo toma sua decisão de compra e qual o valor agregado que seus clientes esperam do serviço ou do seu produto oferecido.

Aumentar a satisfação do cliente

A satisfação do cliente é a base do sucesso empresarial. Um alto nível de satisfação do cliente garante boas vendas e aumenta o crescimento da empresa. 

A análise do grupo-alvo ajuda você a obter uma visão detalhada e uma compreensão mais profunda de seus clientes e também permite que você reaja rapidamente às tendências e mudanças. Além disso, os problemas do grupo-alvo também podem ser evidenciados e você pode antecipar desejos que o próprio grupo-alvo ainda não conhece.

Como crio uma análise de grupo-alvo?

Para caracterizar exatamente o seu grupo-alvo, as perguntas certas devem ser feitas. Você pode encontrar ferramentas que ajudam a coletar e avaliar esses dados atualmente, principalmente na Internet. Por exemplo, plataformas de mídia social como Twitter , Instagram ou Facebook fornecem suas próprias ferramentas de análise e ferramentas como o Google Analytics pode ajudá-lo na coleta de dados. No entanto, como todas essas ferramentas levantam problemas difíceis de privacidade, você precisa garantir a conformidade. 

Além disso, você também pode coletar dados. Consultar diretamente o cliente geralmente é o método mais fácil e eficiente, pelo qual você pode realizar entrevistas e pesquisas, mesmo que ainda não tenha uma base de clientes fixa. Basta começar a falar com pessoas que podem pertencer ao seu grupo-alvo.

Etapa 1: Coleção de características demográficas

O primeiro passo é descobrir as características mais importantes de seus clientes. Para fazer isso, você pode, por exemplo, criar um cliente modelo que possua todas as características do seu cliente ideal. 

Dados importantes que são determinados neste contexto são, por exemplo, a idade e o sexo do cliente, mas também o local de residência, o nível de escolaridade e o estado civil, bem como o grupo ocupacional e a renda.

Etapa 2: Descubra a faixa de preço do seu grupo-alvo

Além das características do grupo-alvo, a sensibilidade ao preço do grupo de clientes é uma parte elementar da análise do grupo-alvo. Nesta etapa, você descobre que preço o grupo-alvo pode pagar e também qual o preço que o grupo-alvo está disposto a pagar pelo produto ou serviço. 

No entanto, lembre-se de que mesmo grupos-alvo financeiramente fortes nem sempre estão dispostos a pagar preços altos por certos bens e serviços. Por outro lado, clientes financeiramente fracos podem estar dispostos a pagar mais se um produto atender completamente ou exceder suas expectativas.

Etapa 3: Pesquisa sobre comportamento de compra

Na última etapa, o comportamento de compra de clientes em potencial deve ser pesquisado. Além do estilo de vida, isso também inclui a razão pela qual os clientes compram um determinado produto, com que frequência o compram e os canais pelos quais a compra é feita. Esses dados ajudarão você a encontrar o canal de vendas certo para o seu produto e otimizar o atendimento ao cliente.

Resultados da análise do grupo-alvo

Sem uma análise do grupo-alvo, todos os esforços não dão em nada. Depois de realizar uma análise do grupo-alvo, você sabe quais propriedades seus produtos e serviços devem ter e quais opções de aprimoramento estão disponíveis. 

Você também descobrirá quais problemas o seu grupo-alvo tem, a que horas e a que preço seu produto deve estar disponível e quais canais de distribuição são adequados para seus produtos e serviços.

Conclusão

Você só pode estabelecer novos produtos e serviços no mercado a longo prazo se conhecer os hábitos e desejos do seu grupo-alvo. Uma análise de grupo-alvo permite que você conheça melhor seu grupo-alvo, para que você possa usar o comportamento de compra de seus clientes em seu proveito. 

No entanto, uma análise de grupo-alvo não é uma medida que já foi tomada, mas um processo contínuo que deve ser realizado em intervalos regulares. Essa é a única maneira de reagir rápida e adequadamente às tendências e às mudanças nas condições da estrutura, o que permitirá que você seja bem-sucedido a longo prazo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *