O que é gestão da inovação?

A inovação é onipresente em todos os departamentos da empresa: vendas, serviços, produção e até mesmo a gestão são fortemente afetados. O desenvolvimento da concorrência, bem como a evolução das necessidades dos clientes, levam a empresa a ser sempre eficiente. E os funcionários estão no centro dessa inovação. 

Gestão da inovação, detalhes

A oferta de produtos inovadores aos seus clientes é fundamental na gestão da inovação. No entanto, induz aplicações e mudanças que exigem que o gerente entenda completamente os meandros e implemente uma gestão adaptada às novas restrições. 

O sucesso do Google se deve à superioridade técnica e tecnológica, mas sua técnica não se limita a isso. Para desenvolver sua ideia com sucesso, ele teve que adaptar novas formas de trabalhar: um ambiente de trabalho excepcional ou horários de trabalho muito flexíveis que permitem aos seus funcionários criar projetos pessoais. 

Incentive a participação interna 

Passando de líder a gestor, o papel do diretor de empresa não é mais o de dar ordens e zelar pela atuação de seus subordinados para puni-los assim que surgir uma falta. Ao contrário, você tem que dar um pouco de autonomia aos seus funcionários. Dar a eles um pouco de confiança e liberdade permitirá que eles desenvolvam o desempenho e também o senso de criatividade. 

Para isso, o gerente deve promover a comunicação interna, e realizar um processo participativo durante o qual consulte as opiniões de seus funcionários. Por exemplo, o lançamento de um projeto requer este processo. Uma pessoa sozinha não possui todas as habilidades ou um grande espírito de criatividade para imaginar tudo, o que requer esta abordagem participativa. Fóruns, caixas de sugestões ou sessões de brainstorming também são ideias possíveis. 

Ouça o cliente

O cliente é essencial para o negócio. Ouvir o cliente não é definido aqui como ouvir a criatividade ou imaginação de todos os seus clientes. Em vez disso, trata-se de ouvir os problemas que eles encontram diariamente. Por exemplo, a empresa Dyson projetou um aspirador sem saco, seguindo o feedback dos consumidores que explicaram que os aspiradores convencionais lhes causaram muitas dificuldades técnicas. A empresa, portanto, criou uma inovação com base nos problemas encontrados pelos seus clientes e isso tem dado muito bons resultados. 

Saber como gerenciar a inovação

Entre no campo da inovaçãorequer necessariamente o domínio dos vários processos relacionados. Podemos citar como exemplo o custo atribuído à inovação, sua duração e os resultados. Você não deve investir todo o seu orçamento na criação de um projeto, deve sempre deixá-lo para outros departamentos. Uma inovação é limitada no tempo, por isso a empresa deve estar sempre atenta para ver a evolução do ambiente de mercado e também as necessidades dos consumidores. 

E por último, para a gestão de resultados, as criações nem sempre dão bons resultados, por isso evite penalizar os seus colaboradores se falharem nas suas criações, pois isso pode atrasá-los para novas perspetivas. Além disso, não devemos esquecer que sempre existem riscos em um investimento. A inovação envolve mudança. Por mais mínimos que sejam, eles podem provocar reações inesperadas dos funcionários. Vimos isso quando os computadores foram introduzidos nas empresas. 

Muitas vezes, os fracassos devem-se à falta de atenção aos funcionários e, principalmente, à falta de empatia por aqueles que viram em um instante seus hábitos ancorados por muitos anos serem pisoteados e suas habilidades se tornarem obsoletas. A inovação deve ser um fator de coesão e o gestor tem total responsabilidade. 

O papel essencial da gestão

Agora você escolheu suas técnicas e os meios que usará para tornar sua abordagem uma realidade. Deve ser dada especial importância à supervisão, em particular à supervisão local. Tem um papel decisivo no sucesso ou não da sua abordagem! 

Comece nomeando a gerência responsável pelo projeto

Primeiro, selecione e nomeie uma pessoa responsável pelo processo. No contexto de uma grande estrutura, pode ser útil criar uma rede de gerentes. Eles não devem se contentar em ser apenas receptores de ideias, mas claramente apoiar a ação e estimular o surgimento de ideias inovadoras. 

Se sua empresa for relativamente pequena, crie uma emulação entre serviços. Os responsáveis ​​não só se dedicam a esta missão como podem ocupar outras funções, fiquem tranquilos. Geralmente estão próximos dos colaboradores e conhecem o negócio e sua realidade. 

Eles podem, assim, estimar rapidamente a viabilidade de uma ideia. Por outro lado, com todas as vantagens suas desvantagens porque, muito próximas, podem, pelo contrário, retardar o surgimento de idéias. Não se esqueça de desenvolver suas habilidades de enfrentamento e levar em consideração sua autonomia mental. 

Devem, em particular, transmitir o reflexo da inovação, animar, transformar as ideias técnicas em ideias inovadoras, ajudar os outros a desenvolver as suas ideias ou mesmo encorajar os colaboradores a apresentar as suas ideias.

Sinergia com departamentos de P&D

Se a sua supervisão deve ser eficaz, muitas vezes só pode ser feita em sinergia real com a Inovação Institucional e serviços de apoio. Facilitar contatos com especialistas, P&D, engenharia, por exemplo, é um dos fundamentos. Não se trata de compartimentar a inovação participativa da inovação institucional. 

Devem estar associados pelo objetivo comum e no interesse da empresa. É uma boa prática para a inovação institucional promover inovações no campo, em particular aquelas que podem ser duplicadas em qualquer lugar. Eles podem transformá-los em um padrão para toda a empresa.

Algumas recomendações: 

  • Conscientizar os departamentos de Inovação Institucional de que podem / devem contar regularmente com a Inovação Participativa para atingir seus objetivos e compartilhar a eficácia dessa colaboração
  • Estabeleça uma circulação real de informações dentro da empresa. A comunicação entre os serviços de Inovação Institucional e as entidades operacionais deve ser a mais fluida possível. As informações podem estar em todas as áreas, como mercado, concorrência, novas tecnologias …
  • Criar estruturas leves encarregadas de montar ou incubar projetos inovadores. Algumas habilidades-chave devem estar disponíveis para que a ideia não passe despercebida.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Mais populares

Mais artigos

Encanador – Formação, carreira e salários médios

Quem tem medo de altura, técnico e comercialmente enviado e, depois de treinar no sentido mais verdadeiro da palavra que se quer, pode aqui...

Ideias para startups – Como ter boas ideias

Para fundar uma startup de sucesso, você precisa, antes de mais nada, de uma boa ideia de negócio. Idealmente, as ideias de startups devem resolver um problema...

Gerente de propriedade – Salário, carreira e mercado

Se você gosta de gerenciar, cuidar de tarefas contábeis e chamadas de redes de comunicação pode aqui, com a ideia de negócio , tornar-se autônomo como gerente de...

Estratégias de marketing para pequenas empresas

Quando você fala sobre uma estratégia, está falando sobre um plano que deve ajudá-lo a alcançar um objetivo específico. Portanto, isso significa que uma estratégia...